Diante da divulgação de casos de febre amarela nos municípios vizinhos à obra, o Consórcio Construtor São Lourenço (CCSL) realizou, entre 8 de março e 11 de abril, uma campanha de vacinação de seus profissionais, na qual foram disponibilizadas aproximadamente 800 doses da vacina.
Em acordo com as Secretarias de Saúde dessas cidades, foram priorizados os profissionais que, conforme seu cartão de vacinação, poderiam receber a imunização contra a doença.
De acordo com a médica do trabalho do CCSL, Andrea Rollo, “ao serem divulgadas evidências de primatas mortos por febre amarela na região, procuramos imediatamente as Secretarias de Saúde para buscar apoio aos nossos profissionais. Graças ao esforço da nossa equipe, conseguimos o resultado esperado”, completou Andrea.